No Dia Estadual do Turismo Regional, os deputados aprovaram nesta terça-feira, 6, o projeto de lei que cria o Circuito Cicloturístico do Norte Pioneiro. De autoria dos deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB) e Goura (PDT), o projeto incentiva o uso da bicicleta, o turismo ecológico, o desenvolvimento dos arranjos produtivos locais e a movimentação da economia de Cornélio Procópio e dos municípios vizinhos.

Romanelli afirmar que a criação do circuito é um incentivo à economia regional, além de destacar o turismo e atrair empreendimentos do setor para os municípios da região. “O Norte Pioneiro tem vários circuitos turísticos que anualmente atraem milhares de turistas, não apenas pelas belezas naturais da região, mas também pela gastronomia, hospitalidade e religiosidade”, explica.

O deputado participou recentemente do lançamento do mais novo empreendimento do setor, que vai receber investimentos de cerca de R$ 150 milhões. Trata-se do Morro dos Anjos Águas Quentes Hotel Resort, em Bandeirantes. Romanelli destaca que os investimentos vão desenvolver de forma mais célere o turismo no Norte Pioneiro.

“É um empreendimento que vai alavancar o turismo religioso e de aventura e incentivar a economia em todo o Norte Pioneiro. A Rota do Rosário e roteiros turísticos também serão alavancados com mais esse empreendimento”, disse.

Com a criação do Circuito Turístico do Norte Pioneiro, 22 cidades da região serão diretamente beneficiadas. O cicloturismo utiliza da bicicleta não somente como meio de transporte, mas como parceira de viagem. “O objetivo do cicloturista não é simplesmente chegar ao destino final, mas aproveitar o caminho, que passa por estradas rurais e secundárias recheadas de atrativos naturais e culturais”, observa.

Integram o Circuito Cicloturístico do Norte Pioneiro, as cidades de Andirá, Bandeirantes, Cambará, Carlópolis, Congonhinhas, Ibaiti, Itambaracá, Jacarezinho, Nova Fátima, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Santa Mariana, Santo Antônio da Platina, Santo Antônio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, Siqueira Campos, Tomazina e Wenceslau Braz.

Deixe um comentário