Com 93 funcionários, moradores de várias cidades da região da Comcam (Comunidade dos Municípios da Região de Campo Mourão), contaminados com o novo coronavírus (Covid-19) no abatedouro de aves Avenorte, em Cianorte, (74km de Campo Mourão), a empresa afastou entre esta quarta (3) e quinta-feira (4) 800 trabalhadores de sua planta frigorífica. A medida tem como objetivo, diminuir a disseminação do vírus na empresa, que enfrenta um surto da doença.

De acordo com informações publicadas pela imprensa de Cianorte, o anúncio do afastamento dos funcionários foi confirmado pelo sócio da empresa, Claudemir Bongiorno, que é prefeito da cidade. “Fizemos isso por medida de segurança. Esses 800 não estão contaminados, mas ficarão em casa por 14 dias. Graças a Deus nenhum trabalhador teve complicação até o momento. Estamos fazendo de tudo para enfrentar o problema da melhor maneira possível”, declarou Bongiorno.

Segundo ele, a empresa montou um plano emergencial de enfrentamento ao vírus, equipes estão monitorando todos estes trabalhadores afastados. “Temos até barracas nas entradas para fazer todos os cuidados de segurança”, completa o empresário.

Trabalhadores de cidades da Comcam, como Moreira Sales, por exemplo, tiveram moradores infectados no abatedouro. De acordo com informações divulgadas pelo prefeito Rafael Brito do Prado, o Rafael Bolacha, somente nesta semana quatro pessoas de Moreira Sales, que trabalham no frigorífico em Cianorte, positivaram para Covid-19.

A linha que faz o transporte dos trabalhadores para o frigorífico foi interrompida temporariamente pela prefeitura para evitar a disseminação de coronavírus. Até o momento, Cianorte contabiliza 90 casos confirmados de Covid-19, um dos casos evoluiu para óbito. (Fonte: Walter Pereira, Tribuna do Interior)

Deixe um comentário