fbpx
1312-alep-votacao-1Os deputados estaduais aprovaram, em última discussão, o Projeto de Lei nº 559/2016, do Governo do Paraná, que propõe medidas para diminuição da estrutura da administração estadual. Entre os pontos do projeto, está a autorização para extinção do Centro de Convenções de Curitiba e do Serviço Geológico do Paraná, transferindo suas atribuições ao Instituto de Terras, Cartografia e Geociências. O Governo também poderá dar continuidade à extinção do Banco de Desenvolvimento do Paraná (Badep).
As medidas que compõem o projeto de lei devem ter um impacto positivo de cerca de R$ 175 milhões no cofres do Estado. “São projetos que ampliam a eficiência e diminuem a estrutura, ações necessárias para o bom funcionamento ainda mais em tempos de crise. Ao mesmo tempo, significa economia de recursos significativos para que o governo possa investir em áreas prioritárias”, afirmou o líder do governo na Assembleia, deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB).
Apenas a extinção do Badep deve gerar mais de R$ 150 milhões ao estado e pôr fim a um processo que se arrasta há mais de duas décadas. Entre os ativos do banco estão o prédio onde funciona a sede da instituição e imóveis ao redor, que já foram incorporados pelo Estado no valor total de R$ 55 milhões.