O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) afirmou nesta segunda-feira, 13, que a proposta do vereador curitibano Mauro Ignácio (DEM) para valorizar a comunidade polonesa dá maior visibilidade à cultura, produtos típicos e é um reconhecimento da importância deste povo na formação de Curitiba e região.

O vereador propôs um projeto de lei que cria o Polo Polonês em referência aos 150 anos da imigração com forte presença na capital. O polo se estende do Portal Polonês, na rua Mateus Leme, próximo ao Centro, até os bairros Abranches e Taboão.

“Além do reconhecimento a este povo, e da comemoração dos 150 anos da imigração dos poloneses, cria-se mais um ativo de turismo na cidade”, avalia Romanelli. “O polo dará mais visibilidade aos atrativos e costumes da comunidade nos principais bairros colonizados pelos primeiros imigrantes”.

Mauro Ignácio afirma que o polo seria parte de um projeto amplo para consolidar a Rota Polonesa, um trajeto ligando pontos turísticos, como o Bosque Papa João Paulo II, o Memorial da Imigração Polonesa e a Pedreira Paulo Leminski, que homenageia o poeta curitibano descendente de poloneses.

“A medida visa, além de fomentar a cultura polonesa em nossa cidade, também incentivar a criação da Rota Polonesa de incentivo ao comércio de produtos típicos, de gastronomia polonesa, de turismo, entre outros”, explica o vereador curitibano. Após passar pelas Comissões da Câmara e proposta será votada em plenário.

Deixe um comentário