Prefeito Rafael Bolacha teme transmissão comunitária

O novo coronavírus (Covid-19) segue se alastrando nos municípios menores da região Noroeste, aumentando os casos da doença. Em pouco mais de um mês, após confirmações somente em Campo Mourão e Araruna, o vírus já se espalhou por 15 cidades da Comcam.

Nesta semana, a preocupação aumentou na cidade de Moreira Sales, que registrou apenas em um dia (terça-feira, 2) quatro casos de pacientes contaminados com coronavírus, aumentando para 11 o número de confirmações. O prefeito Rafael Brito do Prado (MDB), o Rafael Bolacha teme a transmissão comunitária da doença, quando não é possível identificar a origem da contaminação.

Segundo ele, dos quatro novos casos confirmados, dois são trabalhadores de um frigorífico de Cianorte e um familiar deles. Já o quarto, não foi possível identificar a origem. “Isso nos preocupa porque esta pessoa não teve contato com nenhum destes pacientes e nem deixou a cidade”, falou o gestor, ao informar que os pacientes são dois homens e duas mulheres. Eles se encontram em isolamento domiciliar e passam bem.

De acordo com o prefeito, aumentou significativamente os casos de pessoas monitoradas na cidade, são mais de 125. “Temos um paciente que se encontra internado na Santa Casa de Campo Mourão. Ele apresentou um quadro de pneumonia, mas está estável, não está utilizando respirador e nem leito de UTI. É trabalhador desta mesma empresa de Cianorte”, afirmou.

O prefeito disse que após 75 dias de funcionamento, desativou a partir de quarta-feira (3) as três barreiras sanitárias nas entradas da cidade, por entender que elas não estão mais surtindo efeito esperado. “Tomamos esta decisão através de um comitê. Um dos principais objetivos das barreiras era fazer o rastreamento de pessoa que estavam vindo de fora. As barreiras apresentaram um bom resultado, mas no momento, entendemos que não surtiram mais o efeito esperado”, ressaltou.

Segundo ele, uma barreira sanitária será mantida no distrito de Paraná do Oeste, que continua sem casos confirmados de Covid19. “Já definimos um novo plano de ação com a Saúde. Vamos fazer um trabalho mais forte em cima dos pacientes monitorados. A partir de agora vamos passar a visitar em horários alternados estas pessoas para atestar que elas estão cumprindo com a quarentena”, avisou.

O prefeito informou que a Vigilância Sanitária do município passará a fazer uma fiscalização mais intensa no comércio, ruas, e também em residências para evitar aglomerações de pessoas. “Estamos com muitos casos monitorados. Para se ter ideia foi afastado nesta semana todo mundo de uma linha de ônibus que leva trabalhadores para Cianorte. Nossa preocupação é que isso possa acontecer com outras empresas, que transportam trabalhadores para Nova Aurora, Campo Mourão e Cafelândia”, disse.

Rafael Bolacha pede a colaboração da população. “Só saia de casa se for realmente necessário, evite aglomerações, utilize máscaras e álcool em gel para higienização das mãos. Proteja-se e respeite as determinações da Vigilância Sanitária de Saúde para que você não possa ser mais uma vítima do coronavírus em Moreira Sales”, conclui. (Fonte: Walter Pereira, Tribuna do Interior)

Deixe um comentário