O deputado Romanelli (PSB) e o prefeito Amin Hannouche (PSDB) participaram nesta quarta-feira, 7, do lançamento pelo governador Ratinho Junior do programa Voe Paraná que prevê voos que atenderão na primeira etapa 11 cidades, entre elas, Cornélio Procópio. “O governador Ratinho Junior acerta ao priorizar com este programa o desenvolvimento econômico do Estado, através do fomento ao desenvolvimento sustentável e ao turismo”, disse Romanelli.

“O Voe Paraná é importante porque passará a integrar regiões, como o Norte Pioneiro, que hoje dependem quase que exclusivamente do transporte rodoviário. Os voos vão permitir um deslocamento mais rápido e confortável”, completa.

Romanelli disse ainda que os voos operados pela Gol vão atender, além de Cornélio Procópio, toda a mesorregião do Norte Pioneiro. “É um avião com dez lugares que vai melhorar o deslocamento dos moradores da região e dos empresários que precisam se deslocar ao norte do Paraná. Esses voos serão de grande avanço ao turismo, aos empresários, para o setor produtivo e para as cooperativas”.

Novas frentes – O prefeito Amin Hannouche disse que a nova rota permitirá a conexão de Cornélio Procópio com os grandes centros urbanos no Brasil e no mundo. “Isso traz uma mobilidade muito grande a todos, principalmente, às empresas que buscam hoje a otimização do tempo e novas frentes de investimentos. Estão de parabéns o governador Ratinho Junior por implantar o Voe Paraná e o deputado Romanelli por inserir Cornélio Procópio já nesta primeira etapa do programa”, disse.

Romanelli destaca que Cornélio Procópio se firma como polo regional de importância ao Estado não somente pela localização geográfica, mas pelos investimentos públicos e privados que está recebendo. “Cornélio Procópio é a maior cidade dos 46 municípios que integram a Amunorpi e Amunop e com esse programa, toda região poderá usar o aeroporto local para acessar Curitiba, outras cidades do Estado e do país”, disse.

O trabalho agora, segundo Amin Hannouche, é de ampliar e melhorar as condições do aeroporto municipal e torná-lo apto a receber os voos previstos no programa Voe Paraná. “Com as melhorias, o aeroporto poderá receber aeronaves de outros portes e de outras regiões do Paraná e do Brasil. Vamos trabalhar toda a estrutura (do aeroporto), tanto da pista, saguão, da sala de espera, embarque e desembarque. Vamos investir o necessário para receber bem os passageiros da região”, completou prefeito.

Desenvolvimento – Os deslocamentos em parceria com a Gol serão feitos por aeronaves Cessna Grand Caravan de até 9 lugares, com média de três a quatro voos semanais. Curitiba será o principal destino, mas há também rotas interligando cidades do Interior. O presidente da Gol, Paulo Kakinoff, também participou do lançamento.

Ratinho Junior afirmou ainda que, além de atrair novas empresas geradoras de emprego e renda, o Voe Paraná vai estimular o desenvolvimento econômico também por meio do incentivo ao turismo. “Trabalhamos para incentivar os paranaenses a viajarem pelo Estado e para trazer pessoas do mundo todo para conhecer os pontos turísticos de todas as regiões do nosso Estado. O Paraná conta com 213 destinos turísticos e mais de 2.400 atrativos”, diz.

Além da regionalização, o Programa Voe Paraná prevê a ampliação da malha nacional e a internacionalização destino/origem, com conexões nas cidades paranaenses.

Deixe um comentário