O Paraná saiu na frente, mais uma vez, na prevenção e combate ao coronavírus. A Assembleia Legislativa aprovou nesta terça-feira (22), o projeto de lei dos deputados Luiz Claudio Romanelli (PSB), Ademar Traiano (PSDB), Tercílio Turini (CDN), Alexandre Curi (PSB) e Michele Caputo (PSDB) que determina aferição da temperatura corporal em ambientes públicos e privados de uso coletivo em todo o estado.

“Esta é mais uma das mais de 60 medidas criadas e aprovadas pelo legislativo paranaense para combater o avanço do coronavírus”, disse Romanelli. O projeto volta à sessão desta quarta-feira, 24, para ser votado em terceiro turno e em redação final. Na sequência segue para sanção do governador Ratinho Junior.

A Câmara dos Deputados também avalia proposta similar a aprovada na Assembleia Legislativa, para ter validade em todo o país. Nesse caso, no entanto, a aferição é exigida apenas em órgãos públicos.

“Mais uma vez o Paraná se antecipa à União e cria uma lei que serve de parâmetro nacional. Assim como o uso de máscaras de proteção, a aferição da temperatura vai ajudar a evitar a proliferação da covid-19”, disse Romanelli.

Pelo projeto aprovado no Paraná, a aferição da temperatura corporal é obrigatória em ambientes como órgãos públicos, estabelecimentos comerciais, industriais ou semelhantes. A medida vale pelo período em que perdurar a pandemia.

Tecnologia

O Conselho Federal de Farmácia do Paraná confirma a funcionalidade e importância do uso do termômetro infravermelho. De acordo com o conselho, o termômetro infravermelho pode ser facilmente higienizado, além de trazer o resultado de forma rápida e precisa.

O custo para aquisição do acessório também é considerado de baixo custo e pode ser feita de forma online ou presencial, em qualquer farmácia ou loja de equipamentos hospitalares.

Nos casos em que a verificação da temperatura implicar em medição superior à recomendada, a pessoa deverá ser orientada a procurar atendimento médico e fica impedida ingressar em ambientes onde estejam outras pessoas, de forma a evitar a proliferação do vírus.

A febre alta é um dos sintomas da covid-19, junto com a tosse, coriza e espirro. O “inimigo invisível” é assintomático e não apresenta nenhuma evidência de que a pessoa está ou não positivado pelo coronavírus. Assim, com a identificação de febre, fica mais fácil encaminhar a pessoa para o atendimento médico e impedir que ela transmita o vírus, caso esteja contaminada.

Deixe um comentário