fbpx

O secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária e deputado estadual Luiz Claudio Romanelli enfatizou na noite desta quinta-feira, 7, em Santa Cecília do Pavão, no norte do Paraná, que os trabalhadores qualificados pelo programa Projovem – Juventude Cidadã estão transformando o ambiente de trabalho em que estão inseridos. Romanelli participou da solenidade de formatura de 15 trabalhadoras, que concluíram curso de qualificação profissional na área de Serviços Pessoais. A formatura aconteceu na sede da Associação Atlética Banco do Brasil e contou com a participação de várias lideranças, dentre elas, o prefeito José Sérgio Juventino, o padre Zezinho e o chefe da 18ª Regional de Saúde de Cornélio Procópio, ex-prefeito Edimar Santos.

Segundo Romanelli, as alunas formadas pelo Projovem Trabalhador ao diferentes daquelas que se iniciaram no curso, que teve duração de seis meses. “Vocês que participaram deste curso nos últimos seis meses já na são mais as mesmas pessoas. Tenho certeza de que cada uma de vocês tem hoje uma visão diferente daquela que vocês tinham há seis meses. E o que faz a gente mudar e ver o mundo de uma nova perspectiva, é o conhecimento. Por isso, avancem em busca do conhecimento e continuem a vencer os desafios que só podem ser vencidos pela Educação”, enfatiza Romanelli.

O prefeito padre Zezinho também destacou que a Educação Profissional transforma as pessoas em cidadãs responsáveis e comprometidas com o desenvolvimento. “Vivemos numa sociedade onde ainda há muita exclusão. No entanto, o Governo do Paraná, por meio da Secretaria do Trabalho, coopera para envolver os jovens e mostrar a importância da Educação na formação do cidadão, transformando os nossos jovens trabalhadores em cidadãos respeitados e qualificados”, comenta o prefeito.

O diretor da Bandeirantes Desenvolvimento Profissional, Alonso dos Santos, lembrou da importância da parceria do município com o Estado para garantir a execução do curso em Santa Cecília do Pavão. “Este é apenas o início de uma nova etapa. Que vocês continuem se aperfeiçoando cada vez mais, para melhorar o nível de empregabilidade e de renda e, dessa forma, melhorar a qualidade de vida de toda a família”, acrescenta.

Qualificação — A conselheira tutelar Daniele Pereira Costa, 28 anos, ainda não havia tido a oportunidade de trabalhar com Serviços Pessoais, área em que recebeu qualificação profissional pelo Projovem Trabalhador. Para ela, o curso foi muito bom porque o aprendizado possibilitou a inserção dela no mercado de trabalho. “Agora tenho clientes que eu atendo em casa, com serviços de manicure, hidratação e outros serviços pessoais. A meta agora é abrir o meu próprio salão de beleza”, estima.

Assim como ela, outras 14 alunas receberam qualificação e estão aptas para ingressar no mercado de trabalho, graças ao incentivo e apoio do Governo do Paraná, por meio da SETS, que oportuniza a realização de cursos profissionalizantes em todas as regiões do Estado.

O Projovem é um programa do Governo Federal, realizado em parceria com o Governo do Paraná, que visa à qualificação de jovens entre 18 e 29 anos, qualificando-o para o mercado de trabalho. A carga horária exigida para o curso é de 350 horas, das quais 100 horas são destinadas à qualificação social, onde são abordados questões de Ética e Cidadania, Educação Ambiental, Noções de Direitos Trabalhistas e Qualidade de Vida. As outras 250 horas são dedicadas à teoria e prática da qualificação profissional. Em todo o Paraná, o Projovem está capacitando 7 mil jovens de 143 municípios para que estes trabalhadores estejam preparados para o mercado de trabalho.

Deixe um comentário