O governador Beto Richa anunciou nesta segunda-feira (18), em Londrina, um conjunto de investimentos para reforçar a educação e a saúde pública no Norte do Estado. Richa entregou 11 ambulâncias para municípios da região, autorizou licitação para construção de uma escola estadual e dois centros profissionalizantes, em Londrina e Ibiporã.

 “Assim como segurança pública, queremos garantir educação e saúde de qualidade aos paranaenses. Essas áreas são prioritárias em nosso governo”, disse o governador. Richa destacou a parceria com os prefeitos da região Norte. “Fazemos um governo democrático, com entendimento e diálogo. Os prefeitos paranaenses são nossos parceiros nos avanços que conquistamos”, afirmou.

 “Quando a educação avança há melhoras em todos os setores, tanto na saúde como na segurança. A educação é um instrumento de emancipação humana e social, é a construção da cidadania”, afirmou o governador. Ele disse que graças ao bom diálogo com os professores garantiu em dois anos 35% de aumento salarial. “Não conseguiremos uma educação melhor se não valorizarmos nossos professores”, disse.

 Beto Richa lembrou que Londrina é a cidade que mais tem recebido investimentos, R$ 300 milhões em dois anos, resgatando a dívida pela falta de atenção do governo nos últimos oito anos. “Londrina é um município importante para a economia paranaense e merece atenção do governo”. declarou.

 O prefeito de Londrina, Alexandre Kireeff, recebeu do governador a chave de uma das novas ambulâncias. Ele agradeceu o apoio do governo estadual e fez um balanço dos primeiros meses de gestão. “Encontramos muitas dificuldades, principalmente financeiras. O Estado tem sido nosso parceiro na execução de importantes obras. As ambulâncias são exemplo disso”, afirmou ele.

Richa citou outros investimentos que o governo tem realizado em Londrina, como a duplicação da PR-445, reforço na segurança pública e construção de unidades habitacionais. “O Estado está resgatando a confiança do povo de Londrina com investimentos vigorosos. Em dois anos, já foram aplicados na cidade cerca de R$ 300 milhões”, afirmou o governador.

 AMBULÂNCIAS – As ambulâncias serão encaminhadas para Mauá da Serra, Faxinal, Arapongas, Londrina, Alvorada do Sul, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Assaí, Cambira, Rio Bom e Centenário do Sul. Até o fim deste ano, a meta é que sejam adquiridas 330 ambulâncias, 60 delas para a renovação da frota do Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma de Emergência (Siate). O Governo do Estado investiu em cada veículo R$ 95 mil.

 Desde 2011, o governo estadual já repassou 293 veículos para estruturar os serviços de saúde nos municípios. Os carros podem ser utilizados para transporte de técnicos, medicamentos e vacinas, ações de controle de endemias, como o combate à dengue, vigilância sanitária, controle de doenças e campanhas de vacinação.

 Beto Richa lembrou que, desde o começo do mês, o governo já entregou ambulâncias nas regiões Oeste, Sudoeste, Noroeste e Metropolitana de Curitiba. “As novas viaturas serão fundamentais para que o atendimento médico seja mais humano e ágil”, disse o governador. O governo garantiu ainda repasses mensais de recursos para a rede de urgência e emergência dos hospitais Santa Casa de Misericórdia, Evangélico e Hospital Universitário de Londrina e Rede Mãe Paranaense do Hospital Evangélico.

 Richa lembrou que o Paraná, pela primeira vez, cumpre a Emenda Constitucional 29 e aplica 12% das receitas em saúde e relatou que houve uma inversão na aplicação de recursos em saúde pública.

 EDUCAÇÃO – Richa entregou aos alunos do Colégio Estadual Hugo Simas, a nova quadra de esportes coberta. A escola, que atende 1.970 alunos foi frequentada pelo governador quando ele vivia em Londrina e não tinha um espaço adequado para as aulas de educação física.

O governador também autorizou a licitação para a construção da Escola Estadual Vista Bela para atender 720 alunos por turno. A nova escola ficará entre as comunidades Vista Bela e Moradias de Portugal, com 24 salas de aula, salas administrativas, biblioteca, sala multiuso, refeitório, cozinha, quadra coberta, laboratórios de informática e de ciências em um terreno de 12 mil metros quadrados.

 O Estado tem ainda outros investimentos para reforçar a educação na região. No pacote estão dois novos Centros Estaduais de Educação Profissional (CEEP) de Londrina e de Ibiporã. As duas obras devem começar no primeiro semestre. Cada um atenderá 1.200 alunos.

 Beto Richa citou o programa de recursos descentralizados, que atenderá 23 escolas da região com o envio de até R$ 150 mil por unidade para reparos e manutenção. Também está prevista a construção de quadras cobertas em sete escolas. Após o evento, representantes da Sociedade Rural de Londrina convidaram o governador para a ExpoLondrina 2013. Estiveram presentes no anúncio o secretário da Educação e vice-governador, Flávio Arns, o conselheiro do Tribunal de Contas, Durval Amaral.

Deixe um comentário