Romanelli destaca investimentos da Secretaria da Família no norte do Estado

      O deputado Luiz Claudio Romanelli destacou as ações da Secretaria da Família e Desenvolvimento Social no Norte do Estado. Segundo Romanelli, mais de 7 mil famílias serão beneficiadas com programas sociais em 22 municípios da região de Cornélio Procópio, na região Norte. “ A secretária Fernanda Richa está fazendo um excelente trabalho, beneficiando as pessoas em situação de pobreza e vulnerabilidade social. Uma das prioridades do governador Beto Richa é acabar com a extrema pobreza no Estado e o Paraná atingiu 92% da meta de tirar 100 mil famílias paranaenses da extrema pobreza em quatro anos”, ressaltou Romanelli.

      De acordo com balanço do Ministério do Desenvolvimento Social, em três anos, 92.250 famílias que têm renda per capita de até R$ 70,00 por mês tiveram melhora nas suas condições de vida em todo o Estado. “Para melhorar a qualidade de vida das famílias de baixa renda, 3.406 famílias da região de Cornélio Procópio em situação de extrema pobreza já estão sendo beneficiadas mensalmente com o Renda Família Paranaense, programa de complemento de renda do Estado. Desde a implantação , em dezembro de 2013, o governo estadual já repassou mais de R$ 400 mil em recursos para o programa na região”, diz Romanelli.

      As ações coordenadas pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social vão ampliar o atendimento às famílias nos municípios de Abatiá, Andirá, Bandeirantes, Congonhinhas, Cornélio Procópio, Itamaracá, Jataizinho, Leópolis, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Rancho Alegre, Ribeirão do Pinhal, Sapopema, Santa Amélia, Santa Cecília do Pavão, Santa Mariana, Santo Antonio do Paraíso, São Jerônimo da Serra, São Sebastião da Amoreira, Sertaneja e Uraí.

      Segundo a secretária Fernanda Richa, a Secretaria está empenhada em atender com eficiência a demanda das regiões. “Desde a regulamentação do repasse de recursos fundo a fundo, em 2013, agilizamos o atendimento aos municípios e agora podemos prestar auxílio mais rápido às famílias”, explica a secretaria.

      O principal investimento é na expansão da rede de proteção básica, com a construção de mais cinco Centros de Referência em Assistência Social (Cras) e estruturação das unidades existentes. Os novos Cras nos municípios de Abatiá, Nova Fátima, Ribeirão do Pinhal, Congonhinhas e São Jerônimo da Serra terão capacidade para atender juntos até 2.500 famílias por mês. Os recursos destinados para as obras, estruturação das unidades e programas de atendimento às famílias totalizam R$ 2,27 milhões.

      Os investimentos na região também contemplam a implantação do Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Famílias e Indivíduos (Paefi), que irá fortalecer a rede de proteção especial e o enfrentamento a situações de violação de direitos em cinco municípios da região: Andirá, Bandeirantes, Cornélio Procópio, Sertaneja e Nova América da Colina.

Deixe um comentário