Locatários de espaços nas unidades da Ceasa Paraná podem ter a cobrança de aluguel e condomínio suspensos enquanto perdurar a pandemia de coronavírus. Requerimento com a proposta de suspensão – dos deputados Luiz Cláudio Romanelli (PSB), Tercilio Turini (CDN) e outros parlamentares – foi encaminhado ao governador Ratinho Junior e ao secretário de Agricultura e Abastecimento do Paraná, Norberto Ortigara.

O argumento é que as centrais de abastecimento estão com funcionamento reduzido, como medida de prevenção ao Covid-19, e assim os produtores rurais são impactados com a redução de renda pela queda de venda dos hortifrutigranjeiros, frutas e outras mercadorias.

“Os locatários estão com dificuldades de honrar com o valor integral de aluguel e condomínios, além de não conseguirem manter a pontualidade no pagamento. A suspensão temporária da cobrança é uma medida de amparo social que pode auxiliar muitos pequenos produtores paranaenses”, ressaltam os deputados.

No Paraná, as unidades da Ceasa estão em Londrina, Maringá, Curitiba, Cascavel, Foz do Iguaçu, reunindo milhares de produtores rurais, atacadistas e comerciantes.

Deixe um comentário