Santuário de São Miguel Arcanjo em Bandeirantes

O deputado Romanelli (PSB) destacou nesta quarta-feira, 10, a importância da Rota do Rosário como expressão da religiosidade paranaense e de um segmento que se destaca no turismo do Estado. “Em onze cidades do Norte Pioneiro há uma riqueza de santuários, catedrais, festas, romarias e locais de peregrinação que atraem milhares de visitantes. Isso além de ressaltar a fé e a religiosidade paranaense, movimenta a economia e propicia a criação de empregos na região”, diz.

Criada em 2008 pelo Bispo Emérito Dom Fernando José Penteado, a Rota do Rosário abrange 10 cidades do Norte Pioneiro: Jacarezinho, Ribeirão Claro, Bandeirantes, Ribeirão do Pinhal, Santo Antônio da Platina, Siqueira Campos, Ibaiti, Tomazina, Arapoti e Jaguariaíva. “A rota faz parte do turismo religioso no Paraná e também serve com mais um estímulo para o turista permanecer mais tempo e conhecer os demais atrativos da região”.

Atrações – Os pontos mais visitados são o Santuário de São Miguel Arcanjo em Bandeirantes e o Santuário e festa Bom Jesus da Cana Verde em Siqueira Campos.

Além destes, fazem parte da Rota do Rosário, os santuários de Santa Terezinha do Menino Jesus e da Sagrada Face, em Bandeirantes; Mãe Rainha e Vencedora Três vezes Admirável de Schoenstatt, Catedral de Nossa Senhora Imaculada Conceição e Nossa Senhora de Guadalupe, todos os três em Jacarezinho; Santo Inocêncio, em Tomazina; Diocesano do Sagrado Coração de Jesus, em Ibaiti, e Senhor Bom Jesus da Pedra Fria, em Jaguariaíva.

Também integram esta rota o santuário São Vicente Palloti, em Ribeirão Claro; Divino Espírito Santo, em Ribeirão do Pinhal; Nossa Senhora das Graças, em Santo Antônio da Platina, e Igrejinha de Arapoti, em Arapoti.

Festas – Além dos santuários, outro destaque são as festas religiosas da região que também atraem visitantes todos os anos. Na região Norte e Norte Pioneiro são destaques as festas de Santa Rita de Cássia e a Senhor Bom Jesus da Cana Verde.

Cada cidade possui um atrativo religioso, como por exemplo, o Santuário de São Miguel Arcanjo, em Bandeirantes, que realiza sua tradicional festa no mês de setembro e é visitada por peregrinos de todo o Brasil.

Outro atrativo que chama bastante atenção é em Ribeirão Claro, que possui o Santuário Diocesano São Vicente Pallotti, o Recanto da Cascata, a Cascata Véu da Noiva, Gruta da Água Virtuosa, a Ponte Pênsil Alves Lima e o Mirante da Serra, atrações que unem o turismo religioso ao ecológico.

Deixe um comentário