fbpx

27189086293_b2557bbb0c_zA Assembleia Legislativa do Paraná (Alep) votou nesta segunda-feira (20), à pedido do líder do governo, deputado estadual Luiz Claudio Romanelli (PSB), um requerimento que agiliza o andamento do projeto de lei que proíbe o uso do amianto em território paranaense, na produção de artefatos de fibrocimento.

Ao falar sobre o projeto,  Romanelli comparou a questão do banimento do amianto com o processo de votação da Lei que proibiu o fumo em ambientes coletivos no Estado e disse que vai trabalhar para que a proibição seja aprovada.

 

27701220232_07fbd8c5ea_z“Estou conversando com todas as bancadas, não só com a governista, até porque minha posição se deve em função de uma demanda que recebi dos trabalhadores. Não atuo como líder do governo neste caso, embora o Governo, por meio de seus órgãos técnicos, já tenha manifestado simpatia ao projeto” disse Romanelli.

Para justificar a proposta, os parlamentares afirmam que a proibição do uso do material vai proteger a população de um problema de saúde comprovado mundialmente; o alto poder cancerígeno do amianto. O texto do projeto de Lei é de autoria dos deputados Gilberto Ribeiro e Pastor Edson Praczyk.