fbpx

Começam na próxima segunda-feira (12) as inscrições para o segundo módulo das oficinas de melhoria das competências para o trabalho das Telessalas do Trabalhador. O curso terá inicio no dia 5 de setembro, com aulas de Português e Matemática Básica.

O programa é desenvolvido através da parceria entre a Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, o Instituto Federal do Paraná (IFPR) e prefeituras. Mais de 4 mil trabalhadores já foram capacitados por meio das oficinas. Atualmente, 1.300 alunos participam do módulo de Informática Básica e Direitos e Deveres do Trabalhador. Cada módulo tem 4 aulas,transmitidas ao vivo, via satélite,com acompanhamento de um tutor local, todas as quintas-feiras, das 14 às 18 horas.

Segundo o secretário do Trabalho, Luiz Claudio Romanelli o programa Telessalas do Trabalhador é uma das ações mais importantes da Secretaria e se tornou uma referência para outros estados . “ As Telessalas são um instrumento de capacitação moderno e efetivamente dão resultado. As aulas são dinâmicas e repassam conteúdos úteis tanto para os que procuram o primeiro emprego como para os que buscam a reinserção no mercado de trabalho ou querem melhorar o desempenho em algumas áreas ou se reciclar. Através do ensino à distância, conseguimos atingir e capacitar muito mais trabalhadores ”, explica.

Ângela Carstens, chefe da divisão de intermediação de Mão de Obra e coordenadora do programa, destaca o papel dos técnicos das Agências do Trabalhador e dos tutores que atuam nas 123 telessalas instaladas no Estado. “ O trabalho realizado nas agências é extremamente relevante porque os servidores identificam e encaminham os trabalhadores com perfil para os cursos. Os tutores também têm um papel fundamental, acompanham as aulas, tiram dúvidas e apoiam o aprendizado e são grandes motivadores e incentivadores dos alunos. Muito do sucesso do programa se deve à dedicação e ao empenho dos nossos técnicos e dos tutores dos cursos”, ressalta.

NOVA OPORTUNIDADE- Leda Maria Santos Ferreira, de 57 anos, é uma das alunas da Telessala da Agência do Trabalhador de Curitiba. Dona de casa, ela conta que passou boa parte da vida cuidando dos quatros filhos e do lar, em Salvador, Bahia. “Eu nasci e vivi muitos anos em Salvador. Depois que meus filhos cresceram e se casaram, um deles veio morar em Curitiba e eu e meu marido viemos também, em busca de um trabalho. Quando procurei a Agência do Trabalhador, o atendente falou sobre o curso das telessalas e perguntou se eu queria fazer. Na hora aceitei, porque tenho muita vontade de aprender informática e depois quero trabalhar como fiscal de loja”.

Com 28 anos completos, o jovem haitiano, David Limose, que há um e meio mora em Curitiba, já trabalhou na construção civil e em uma transportadora como ajudante de motorista. Hoje ele procura outro trabalho e também uma qualificação profissional. “Percebi que preciso melhorar meu português e a comunicação, principalmente com as pessoas que me contratam para não ficar nada subentendido. Quando vi o material do curso me interessei porque antes de vir morar no Brasil, cursava o nível superior em Direito e nas horas livres ajudava meu pai, soldador autônomo, no Haiti. Gostei do conteúdo que estamos aprendendo e também porque teremos aulas sobre direitos e deveres do trabalhador, isso vai me ajudar muito no meu próximo emprego”, explicou.

INSCRIÇÕES – Quem quiser participar das oficinas deve se inscrever na Agência do Trabalhador de seu município até a quinta-feira (05/09), dia em que iniciam as aulas. Após o curso, os alunos recebem certificados.

O público-alvo das telessalas são trabalhadores com dificuldade de inserção no mercado de trabalho, mulheres com mais de 40 anos chefes de família, beneficiários de seguro-desemprego, jovens que buscam o primeiro emprego, autônomos, prestadores de serviços, artesãos e empreendedores individuais e da economia solidária.

Deixe um comentário